O papel do estudante no processo de aprendizagem EaD

Voltar para a sala de aula, após um tempo longe, pode não ser simples para muitas pessoas. Afinal, como entrar novamente no ritmo de estudo, conciliá-lo com outras atividades e ainda garantir que os resultados sejam eficazes? A educação a distância (EaD) é uma modalidade que pode oferecer as condições necessárias para que os alunos realmente aprendam. Entretanto, é importante esclarecer que a base do processo de aprendizagem EaD é semelhante ao das aulas presenciais: o sucesso é consequência da parceria entre professores e alunos. Vamos explicar melhor como isso acontece na pós-graduação a distância.

Na educação a distância, assim como no ensino presencial, os docentes promovem debates e possibilitam o diálogo e a troca de informações dos conteúdos para que sejam devidamente assimilados. Paralelamente, os alunos tornam-se sujeitos ativos nesse processo, deixando de ser meros receptores de informações para participar ativamente do próprio aprendizado, ganhando mais autonomia. O fato é que ambos têm funções importantes, sendo exatamente seu trabalho em conjunto que permite a boa aprendizagem tanto no ensino presencial quanto no realizado a distância.

Quando falamos em EaD mais especificamente, os estudantes precisam ser ainda mais independentes, pois determinam quando, onde e de que forma estudarão. Obviamente, terão todo o apoio e o acompanhamento de professores e monitores, além do contato com os colegas de curso. É por esta razão que essa modalidade de ensino se tornou uma excelente alternativa para profissionais que desejam fazer uma pós-graduação, mas muitas vezes têm dificuldades em conciliar estudo e trabalho.

Dicas para otimizar o processo de aprendizagem EaD

O sucesso da especialização EaD também depende de alguns hábitos dos alunos, como seguir uma rotina com o horário de estudo bem definido e organizado — afinal, as aulas são ministradas de forma on-line. Por isso, listamos algumas dicas para você colher bons frutos em sua pós-graduação EaD, aproveitando ao máximo as ferramentas que essa modalidade de ensino oferece. Confira!

1 – Crie um hábito de estudo

Embora a EaD proporcione flexibilidade no horário de estudo, é importante separar um período do dia para se dedicar às aulas e, assim, desenvolver um hábito (da mesma forma que acontece nos cursos presenciais). Ao fazer isso, consegue-se manter conteúdos e tarefas em dia e fica mais fácil alcançar os objetivos desejados. Por isso, separe um horário específico diariamente para realizar alguma atividade da pós. Uma boa dica é criar lembretes ou programar o despertador na hora de iniciar os estudos até que naturalmente faça parte da sua rotina.

2 – Compense as perdas

Imprevistos acontecem e, muitas vezes, surgem compromissos exatamente no horário estipulado para o estudo. Não há problema em quebrar a rotina algumas vezes, mas é importante que esse tempo seja recuperado. O indicado, então, é que se faça um balanço frequente de quanto tempo foi perdido para que seja compensado. Dessa forma, se você estabeleceu que deve estudar duas horas por dia e, no momento do balanço, observou que não estudou quatro das horas totais planejadas, redistribua esse tempo, acrescentando alguns minutos em duas horas diárias definidas inicialmente.

3 – Prepare um ambiente adequado

Para que resultados positivos sejam conquistados e o tempo seja realmente aproveitado, é preciso ter muito foco e dedicação. Nesse sentido, é preciso preparar um lugar que tenha todo o material necessário (computador, caneta, bloco para anotação) e seja silencioso e confortável. Outro aspecto importante é a iluminação do ambiente, pois ela deve ser suficiente para não prejudicar a sua visão. Também tenha cuidado com a luminosidade da tela do computador, pois quando é muito forte, pode incomodar os olhos. E não se esqueça de avisar as pessoas sobre seu horário de estudo e explicar a necessidade de silêncio e de concentração, caso more com alguém. Essa colaboração é essencial no processo.

4 – Fuja das distrações

A internet é uma verdadeira fonte de informações, mas também de diversão. Por isso, manter o foco quando se está on-line é um verdadeiro desafio, afinal, quem nunca teve a tentação de conferir rapidamente as redes sociais e, quando percebeu, já havia passado muitas horas? E esses canais são apenas alguns dos “perigos” para os estudantes no ambiente digital. Assim, quando for estudar, evite abrir outras abas no navegador além daquela utilizada para acessar a plataforma da pós-graduação. Algumas extensões podem, inclusive, ajudar nessa tarefa. Um bom exemplo é o Stay Focusd, do Google Chrome, que limita o acesso a sites que geram desperdício de tempo.

5 – Aproveite todos os recursos da EaD

As pós-graduações EaD oferecem recursos que suprem muitas necessidades para um aprendizado eficaz. Os estudantes têm acesso a diversos periódicos através da biblioteca virtual da universidade. Além disso, podem participar de fóruns e discussões on-line sobre o conteúdo diretamente com os professores, no dia da aula, por meio das ferramentas disponíveis no AVA Moodle. Em caso de dúvidas sobre o uso das ferramentas disponíveis, existe a possibilidade de contatar diretamente os monitores. Não hesite em utilizar esses espaços porque eles são muito importantes para a compreensão dos conteúdos.

Pós-graduação EaD é uma forma segura e eficaz para adquirir conhecimento, mas também exige muita dedicação e foco, como falamos. Se você está interessado nesta modalidade, procure uma instituição de referência e siga nossas dicas, pois as chances de sucesso serão bem maiores. A Unesc, por exemplo, preocupa-se com a qualidade dos cursos oferecidos e, por isso, conta com uma estrutura completa para dar apoio aos estudantes. Acesse nosso site e confira os cursos disponíveis. E, claro, qualquer dúvida, é só entrar em contato!