Quatro dicas de como fazer pós EaD e conquistar ótimos resultados

A educação a distância (EaD) é uma das grandes tendências da atualidade e também uma das principais facilitadoras da disseminação do conhecimento, uma vez que permite a muitas pessoas terem acesso aos estudos mesmo com uma rotina corrida. O que é ótimo para quem busca uma especialização para o desenvolvimento da carreira, por exemplo! Essa alternativa de estudar sem hora marcada ou em local específico dá oportunidade a muita gente de conseguir conciliar trabalho e estudo, sem esquecer do lazer. Mas é preciso disciplina para saber como fazer pós EaD em meio a todas as outras atividades diárias, afinal, como qualquer projeto, ela precisa ser planejada e executada com eficiência para alcançar os resultados esperados.

Então, ao decidir por uma pós-graduação não presencial, tenha em mente que dependerá muito de você o sucesso dessa empreitada. Não pense que o fato de poder escolher quando e onde estudar significa deixar tudo para última hora ou dar aquela espiada no material apenas quando estiver indo dormir. A educação a distância deve ser incluída na rotina diária, como se você realmente tivesse que se deslocar até uma instituição de ensino em um determinado horário.

Não podemos dizer que é algo muito difícil nem extremamente fácil. Na verdade, é necessário organização e disciplina para que tudo corra bem e não atrapalhe as outras atividades diárias.

Como fazer pós EaD com sucesso

Veja as dicas que separamos para ajudar você na missão de planejar, escolher e finalizar uma pós EaD com sucesso total. Preparado? Então vamos lá!

1 – Planeje a analise suas atividades

Essa não é uma dica somente para quem vai estudar. Planejamento é algo fundamental em todos os aspectos da vida, desde os projetos do trabalho em que você está envolvido até a organização de uma viagem, por exemplo. Se você realmente resolveu estudar, o planejamento deve começar por analisar a sua rotina atual: quanto tempo o seu trabalho consome, se você pratica algum exercício físico, quais são suas atividades de lazer, se é responsável por cuidar de outra pessoa (filhos, pais, avós)… Enfim, você deve listar tudo o que ocupa o seu dia, a sua semana e o seu mês.

Depois de colocar tudo no papel, você terá uma visão clara de quanto tempo ainda tem para se dedicar a outro projeto. E exposto desta forma também fica mais fácil reorganizar os afazeres, caso seja necessário. Tudo vai depender de quais são as suas prioridades.

Se depois de analisar todas as alternativas, você concluir que é possível, sim, incluir um curso a distância na sua rotina, excelente notícia! Se perceber que não, talvez seja o momento de parar e pensar sobre a importância de adquirir novos conhecimentos e aprimorar aqueles que você já tem. Todo mundo sabe que o mercado de trabalho está cada vez mais exigente e, quanto mais especialista você for, melhor será para a sua carreira. Uma pós-graduação seria um ponto super positivo no seu currículo, não é verdade?

2 – Monte um cronograma realista

Depois de fazer o planejamento da sua rotina, analisá-la e decidir por fazer o curso, chegou o momento de montar o seu cronograma de estudo. Dentro da lista que você já tem — o legal é montar uma espécie de calendário com divisões entre manhã, tarde e noite —, marque os dias e horários que vai poder dedicar exclusivamente aos estudos. De forma alguma você deve sobrepor qualquer atividade, seja de trabalho, seja de lazer. Uma coisa de cada vez.

Nesse momento, você vai conseguir enxergar mais claramente se será necessário mexer nas suas atividades atuais ou até interromper uma delas temporariamente. Por exemplo, digamos que você joga futebol com os amigos na quarta-feira à noite, mas acha que este seria um período importante para se dedicar aos estudos. Você pode conversar com a turma e ver a possibilidade de trocar o dia de semana por um do fim de semana.

E não se esqueça de definir o seu local de estudos. Não é porque você vai estudar em casa que assistirá às aulas na cama com um pacote de bolachas na mão, certo? Opte por um ambiente tranquilo, com mesa e cadeira, com espaço para apoiar seus materiais e o computador. Uma boa iluminação e pouco barulho também ajudam a manter a concentração.

3 – Escolha um curso adequado a você

Paralelamente ao planejamento e ao cronograma, o interessado em estudar a distância já pode analisar as opções disponíveis para a especialidade que escolheu. Assim, consegue ter uma ideia da carga horária necessária, incluindo aulas presenciais (quando houver) e não-presenciais, quais são as disciplinas oferecidas, qual a rotina de entrega de trabalhos e datas de avaliações, entre outros detalhes. Dessa forma, poderá escolher o curso que melhor se encaixar na sua rotina sem atrapalhar as outras atividades.

4 – Motive-se

Estudar a distância não é tão simples quanto parece, pois requer muita disciplina e organização, como já falamos, e nem todo mundo consegue ser 100% assim todos os dias, principalmente por causa dos demais afazeres, como o trabalho. Por isso é essencial manter-se constantemente motivado.

Lembre-se sempre que todo conhecimento é importante e que ele vai ajudar você a conquistar seus objetivos, tanto na vida pessoal quanto na profissional. Aprender algo nunca é um desperdício. Além disso, o período de um curso é apenas uma fase e ela vai passar. Ter paciência é imprescindível, principalmente para lutar contra o impulso de desistir nos momentos de dificuldade.

E então, que tal buscar novos conhecimentos ou aprimorar os que você já tem? Conheça agora mesmo os cursos de pós-graduação EaD da Unesc! Com certeza um deles vai se encaixar perfeitamente na sua rotina.